Professora Ana Mere recebe prêmio estadual por suas práticas inovadoras

Atualizado: 21 de Dez de 2021


O Programa Pense Grande premiou três professores da rede estadual de Sergipe por suas práticas pedagógicas inovadoras no ensino da disciplina Projeto Vida. São eles: Ana Mere da Silva, do Colégio Estadual José Joaquim Cardoso, em Malhador; Adriana Ferraz de Brito, do Centro de Excelência Arquibaldo Mendonça, em Indiaroba e Lindeval Alves da Cruz, do Centro de Excelência Maria Rosa de Oliveira, em Tobias Barreto. A cerimônia de premiação e socialização das atividades exitosas aconteceu em evento virtual realizado na última quinta-feira, dia 9.


A professora Ana Mere da Silva celebrou a homenagem. “O professor precisa provocar em si essa quebra de paradigmas e conduzir o aluno a essa epifania para que ele possa aprender a planejar o próprio futuro. É muito importante o dia de hoje. Sinto-me privilegiada. Essa conduta do projeto de vida de conhecer os jovens, seus interesses, seus anseios, motivá-los a construir suas trajetórias, sua própria história, é algo que precisa ser muito planejado e observado no dia a dia dos professores. Ele precisa organizar sua vida para grandes metas; ele precisa estar apaixonado e integrado com aquilo que está fazendo. Minha sequência didática foi pensada em ações e orientações voltadas para valores positivos com foco no bem-estar dos alunos nesse retorno das aulas presenciais”, explicou.

Ana Mere é natural de Nossa Senhora da Glória, mas vivem em Malhador desde 2000, faz parte do quadro efetivo do magistério estadual desde janeiro de 2013, tem formação acadêmica em Educação Física-UFS e especialização em Educação Física Escolar e Treinamento Desportivo-FAMA, e Coordenação Pedagógica-UFS.


Leciona Educação Física no Ensino Fundamental menor e maior, EJAEF, PROSIC e Projeto de Vida no Ensino Médio, nos Colégios Estaduais: Joaquim Cardoso (Malhador), São José (Malhador) e Padre Mendonça (Itabaiana).


Prêmio


Criado em 2013, o Programa Pense Grande tem o objetivo de oferecer oportunidades de desenvolvimento de competências para educadores e jovens, de modo alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e ao Novo Ensino Médio. Em Sergipe, a iniciativa foi implantada no ano de 2019, e desde então vem apoiando a rede estadual nas atividades curriculares que envolvem a educação empreendedora e projeto de vida.


Intitulada “Reconhecimento Docente 2021”, a premiação, que partiu do processo formativo de Professores Multiplicadores Pense Grande Projeto de Vida, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo (FTV), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) e execução do Instituto Paramitas, visa a reconhecer e dar visibilidade aos professores que, no decorrer de 2021, realizaram a multiplicação em Projeto de Vida, desenvolveram, aperfeiçoaram ou fomentaram nos jovens competências e habilidades que os possibilitam construir seus projetos de vida, por meio de suas aulas.


O processo de reconhecimento contou com a participação de 10 professores finalistas. Além dos premiados, tiveram suas práticas avaliadas os seguintes educadores: Jeocástria Rezende dos Santos, do Colégio Estadual Professor Genaro Dantas Silva (Pinhão); Vera Lúcia Blinofi Crusdos Santos, do Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos Jorge Amado (Estância); Morgana Catherine Leite Santos, do Colégio Estadual Juscelino Kubitschek (Nossa Senhora do Socorro); Rita de Cássia Dias de Oliveira Carvalho, do Colégio Estadual Dionizio Machado (Indiaroba); Janicleia Santos de Santana Andrade, do Colégio Estadual Professor João de Oliveira (Poço Verde); Maria de Lourdes da Silva Santana, do Colégio Estadual Profa. Maria Conceicao De Santana (General Maynard); e Gilliard dos Santos, do Centro De Excelência Joana De Freitas Barbosa (Propriá).


Os três finalistas contemplados na fase final receberão, como premiação, um Kindle com três meses de assinatura e uma viagem para os Cânions do Xingó, com direito a um acompanhante, incluindo transporte de ida e volta; guia acompanhante; passeio de catamarã; e almoço buffet livre no restaurante Karrancas.



As dificuldades docentes em tempos de pandemia


Para Ana Mere. “Trabalhar na pandemia foi e tem sido o maior desafio enfrentado não só por mim, mas por muitos professores. Em meio ao med